Ricardo Rocha

Artigos

Artigos

O câncer do protagonismo egoísta

A definição de uma missão clara é para os fundamentos da nossa jornada.

A missão estabelecer a DIREÇÃO e a AÇÃO em uma AMBIÊNCIA, ou seja, QUEM e COMO vou exercer a minha vocação servidora (VERBO que represento).

Uma vez que tenho o fundamento missionário, é sobre este que vou agir e DECIDIR. O fundamento é o eixo absoluto que orienta TUDO em nossa vida.

O fundamento é o ORÁCULO da nossa vida e passamos a nós SUJEITAR a ele. Essa é a primeira e primordial consciência, em que nosso EGO deixa de ser o centro e o submetemos a um fundamento ABSOLUTO.

Nessa consciência não sou mais EU (ego) quem ESCOLHE o que deseja, mas o FUNDAMENTO quem me orienta a DECIDIR (sim ou não). Portanto, já não sou mais EU (ego) que vive em mim e através de mim, mas o FUNDAMENTO (a bússola e coluna espiritual) que vive em mim.

Uma vez consciente e SUBMISSO (sujeito à missão) meu chamado é para ENRIQUECER o ambiente onde estou e sempre que eu viver alguma tensão, estarei “amarrado” no fundamento que me fará DECIDIR.

Não sendo mais EU (ego) o DONO das ESCOLHAS, a vaidade e o egoísmo perdem sua influência em nossa jornada pois estamos SUBMISSOS ao fundamento. Diante de uma tesão relacional na ambiência eu tenho uma DECISÃo a tomar e não OPÇÕES que garantam meus interesses individuais.

Todas as vezes que alguém OPTA por seus próprios interesses e desenvolve sua jornada individual, ele coloca em risco e colapso ao ambiente RELACIONAL. Sempre que uma célula pensa mais de si e decide carreira solo, ela “cacinogena” todo o corpo.

O PROTAGONISMO é estabelecer o eixo absoluto da nossa vida e a partir dele a cultura, comportamentos, hábitos e ações que vão nos levar ao cumprimento da MISSÃO.

PROposito e PROTagonismo são o FUNDAMENTO e a AÇÃO que, é o princípio e o primeiro a agir em testemunho, se tornado a referência.

O PROTAGONISMO não é capacidade do EGO de fazer o que quiser, mas a maturidade de uma consciência que age segundo e em benefício da missão, mesmo em dores. Decidimos e fazemos o que é BOM para TODOS e não pelo que que é CONVENIENTE para MIM (ego).

É hora de reflexão…

 

“Tenham o cuidado de não praticar suas ‘obras de justiça’ diante dos outros para serem vistos por eles. Se fizerem isso, vocês não terão nenhuma recompensa do Pai celestial.” – Mateus 6:1

Gostou? Compartilhe com alguém!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Andre
Andre
1 ano atrás

Gostei do seu poste, existe muitos artigos em seu blog relacionado a este que acebei de ler gostei de seu blog. Meu blog: Link aqui

Ricardo Rocha

2022 © LanceUp. Todos os direitos reservados.