Ricardo Rocha

Artigos

Artigos

A cultura dos negócios vencedores

A cultura de um negócio é o conjunto de COMPORTAMENTOS naturais e ESPONTÂNEOS, originais dos seus fundadores e depois praticado por todos que se integram o negócio.

É a forma COMO as pessoas agem, reagem e interagem enquanto desempenham duas atividades. A cultura é o “tempero” do FAZER, entregando mais além da tarefa cumprida, uma EXPERIÊNCIA das pessoas ao longo dessa JORNADA de trabalho.

Em um negócio, o valor entregue ao cliente é sempre uma construção COLETIVA. Para que esse ambiente funcione plenamente, a EMPATIA e o real INTERESSE pelo outro, sua CONTRIBUIÇÃO e DIFERENCIAÇÃO são componentes vencedores.

Quando um negócio é capaz de fazer seus integrantes funcionarem em conjunto com EMPATIA entre eles, a mesma empatia se manifesta na relação com o cliente, e assim como os próprios integrantes do negócio, o cliente também é ENVOLVIDO nessa atmosfera EMPÁTICA.

A EMPATIA é uma habilidade de engenharia emocional, em que somos capazes de nos conectar a outras pessoas e construir JUNTOS uma perspectiva AMPLA de SOLUÇÃO Que garanta o SUCESSO de todos os envolvidos. Não significa aceitar e implementar TODAS as opiniões, para que todos se sintam “parte”, mas acolher, avaliar e decidir JUNTOS pelo mais EFICIENTE e EFICAZ.

A verdadeira empatia não é aquela que consegue ACOMODAR a opinião e vontade de todos, mas prover uma solução que viabiliza o PROGRESSO. A verdadeira empatia tem PACIÊNCIA para o diálogo e é capaz de fazer COMPREENDER e COMPROMETER até aqueles com perspectivas diferentes.

É por isso que um negócio onde a empatia é um fundamento prospera, pois é sempre uma UNIDADE de pessoas se movendo em uma ÚNICA direção, juntando toda INTELIGÊNCIA e capacidades de TODOS de forma CONCENTRADA para a produção de SOLUÇÕES, valor e experiência para o cliente e para o próprio grupo.

Você é uma pessoa empática? Seus amigos e colegas de trabalho te avaliam como alguém empático? Seu cônjuge e filhos te acham alguém empático? Já experimentou perguntar isso à eles?

É hora de reflexão…

Gostou? Compartilhe com alguém!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Hibrael Loures
Hibrael Loures
9 meses atrás

Até onde o respeito pelo próximo se torna fazer a vontade do outro, então, quando o outro não percebe isso, o que fazer?

Ricardo Rocha

2022 © LanceUp. Todos os direitos reservados.